Pragas Urbanas - Roedores



Os roedores (do latim científico Rodentia) constituem a mais numerosa ordem de mamíferos com placenta contendo mais de 2000 espécies, o que corresponde a cerca de 40% das espécies da classe dos mamíferos. A maior parte são de pequenas proporções, o camundongo-pigmeu Africano tem 6 cm de comprimento e pesa 7 g. Por outro lado, o maior deles, a capivara, pode pesar até 80 kg. Acredita-se que o extinto Phoberomys pattersoni teria pesado 700 kg. Roedores são encontrados em grande número em todos os continentes, exceto a Antártida, na maioria das ilhas e em todos os habitats, com exceção dos oceanos. Juntamente com os morcegos (Chiroptera), foram os únicos mamíferos placentários a colonizar a Austrália independentemente da introdução humana.
Os Ratos são os roedores urbanos mais comuns. Eles representam um grande risco para as residências, industriais e comércio de todo o lugar do mundo.
Eles são uma das pragas urbanas de maior relevância, sendo uma grande preocupação dos órgãos públicos.

Alguns dados interessantes sobre esses roedores:
- Os ratos são responsáveis pela perda de 30% de toda a produção nacional de grãos;
- Hospitais e postos médicos registram 1 caso de mordida de rato a cada 3 dias;
- No Brasil existem cerca de 8 ratos por habitante. Em países europeus como a Suécia a média é de 0,5 por habitante;
- Ratos se reproduzem rapidamente. Se um casal se acasalar em janeiro, em dezembro do mesmo ano já existiram 180 mil descendentes.
- 30% dos incêndios industriais e comerciais sem causa definhada são atribuídos a roedores;
- Os ratos, e suas pulgas, espalham diversas doenças. Algumas delas são: Tifo, Febra da Mordida, Leptospirose e o Hantavírus (uma doença letal).

Os ratos urbanos são divididos entre três principais espécies. Os Ratos, as Ratazanas e os Camundongos. Cada um deles possui características e hábitos diferentes.
Conheça as principais diferenças entre os ratos comuns no ambiente urbano.

Ratazanas – Rattus norvegicus
As ratazanas são os mais comuns roedores de área urbana. Elas dificilmente criam ninhos dentro de casas. Suas tocas geralmente ficam em um raio de 45 metros da sua fonte principal de alimento e elas gostam de fazer tuneis e tocas para se esconder e se abrigar.
A principal característica de identificação de uma ratazana está no tamanho robusto de seu corpo que pode chegar até 25 centímetros de comprimento.
Além do tamanho as ratazanas também possuem características como:
- Os pelos são de coloração castanho-acinzentada;
- Cauda grossa com pouco pelo e mais curta do que o tamanho do corpo;
- Focinho rombudo;
- Orelhas pequenas e encostas na cabeça;
- Os pés traseiros são bem desenvolvidos chegando a medir até 37 mm.
- As fezes da ratazana são grandes e bem escuras. Elas possuem um formato cilíndrico grosso com extremidades arredondadas.
Elas têm uma alta capacidade de procriação, entrando no cio cerca de cinco vezes por ano e com um período de gestação de apenas 22 dias.
Elas adoram se alimentar de peixes, carnes e cerais e são excelentes nadadoras.
As ratazanas possuem neofobia, medo de tudo que é novo. Por isso é tão difícil eliminar as ratazanas com raticidas ou armadilhas pois elas possuem muito medo de tudo que é introduzido de novo em seu ambiente.
Geralmente as ratazanas mandam os mais velhos ou os mais jovens para testar as novidades introduzidas em seu território.

Rato de Telhado – Rattus rattus
Esses ratos costumam a se abrigar acima do nível do solo. Geralmente dentro do forro ou do sótão de residenciais.
Suas principais características são:
- Tamanho menor do que a das ratazanas e possuem um focinho mais fino;
- A cauda é mais longa do que o rosto do corpo junto com a cabeça;
- Os pelos possuem uma coloração entre o preto e o cinza escuro;
- Orelhas grandes e proeminentes;
- As fezes são cilíndricas e possuem a ponta afunilada. Possuem cerca de 12mm.
Eles podem ter de 4 a 8 filhos por ninhada, de cinco a seis ninhadas por ano. Eles são onívoros, comem praticamente de tudo.
Assim como as ratazanas o rato de telhado também é neofóbico. Também é difícil de acabar com eles usando armadilhas e raticidas.

Camundongo – Mus musculus
O camundongo é o mais fácil de ser identificado, afinal, ele é o menorzinho da espécie.
Suas principais características são:
- Um corpo pequeno com cerca de 9 cm;
- O rabo tem o mesmo tamanho do corpo;
- Sua estrutura é frágil e pesa apenas 15 gramas;
- Os olhos são bem vivos e salientes;
- Suas fezes são pequenas e bem finas, parecidas com a do rato de telhado, só que menor;
Essa espécie vive cerca de 1 ano e já atingi a sua maturidade sexual com apenas 68 dias. Eles procriam de 7 a 8 vezes por ano, com 4 a 8 filhos por ninhada.
Diferente dos outros dois os camundongos são neofilicos, ou seja, eles adoram uma novidade. Por esse motivo é fácil de captura-los ou eliminá-los com raticidas e ratoeiras.



Tecnologia do Blogger.